• Globexx North America Inc

Quais tecnologias impactarão o varejo em 2020


Mais tecnologia será implantada para facilitar a compra pelo consumidor final (Image by Mediamodifier from Pixabay ) #Ecommerce #Selling #Online #OnlineSales #E-Commerce #Globexx

2019 foi definido como um grande ano de mudança e inovação no varejo. Para o consumidor médio, a sensação geral era de que realmente não havia sido feito progresso. Quem prestou muita atenção à inovação no varejo em 2019 sabe que, nesse caso, o cliente estava errado ... foi um ótimo ano!


Algumas tecnologias proliferaram o mercado. A realidade aumentada continuou a dominar grande parte da conversa sobre inovação. Não há dúvida do impacto positivo que ele pode ter e terá para os clientes. Uma pesquisa recente da Nielsen sugeriu que mais de 50% dos compradores estão felizes em usar o AR como uma maneira de melhorar suas experiências de compra.


Nike e Nordstrom lideram o ataque


Muitos varejistas e marcas passaram 2019 tentando encontrar as melhores maneiras de utilizar a tecnologia recentes disponíveis. A Nike aproveitou a tecnologia para revolucionar a forma como compramos calçados esportivos. Eles criaram um aplicativo que permite aos clientes selecionar o próximo tênis esportivo, com base na forma e tamanho exatos dos pés - o Nike Fit.

A Nordstrom foi igualmente inovadora, usando a tecnologia para oferecer aos clientes a chance de experimentar milhares de tons de batom sem precisar abrir um único estojo.

Como empresa, a Finger Food entrou em cena e desenvolveu um aplicativo de RA para a maior varejista ao ar livre do Canadá, a Mountain Equipment Co-op (MEC). O aplicativo leva os clientes a uma variedade de tendas virtuais, permitindo que eles explorem toda a gama da empresa, economizando à MEC uma tonelada de espaço que 50 tendas poderiam ter ocupado.


Acessibilidade RA móvel


Para 2020, as expectativas para RA móvel são altas; já é a plataforma mais amplamente adotada para os consumidores. Através de design e marketing sofisticados, muitos consumidores adotaram a nova tecnologia sem nem perceber!


Snapchat, Facebook e Pokemon Go abriram caminho e introduziram os consumidores no mundo da AR. Agora cabe aos varejistas capitalizar esse momento e criar experiências de compra de RA sem interrupções para aumentar a lealdade à marca e aumentar a receita.


Além do impulso criado pelo AR móvel, a Microsoft lançou seu tão esperado dispositivo HoloLens 2

. Embora o hardware seja projetado para aplicativos corporativos, ele fornece um vislumbre dos recursos e capacidades dos futuros dispositivos vestíveis do consumidor.


O lançamento do Hololens 2, combinado com o lançamento do dispositivo de realidade mista Nreal e os intermináveis rumores sobre a incursão da Apple no hardware de AR, mostram que a adoção da tecnologia vestível para os compradores está chegando.


Há mais do que realidade aumentada que causa impacto. AI, IoT e outras tecnologias estão mudando a maneira como todos fazemos negócios.


Usando a IoT para conectar varejistas com clientes


Não é segredo que os clientes verifiquem os preços na loja e os níveis de inventário local em seus dispositivos móveis. Os varejistas progressivos estão analisando como o planejamento de mercadorias e a otimização de preços suportam a personalização das ofertas dos melhores preços em tempo real ou oferecem serviços baseados em localização na loja.


Em uma loja inteligente, o tráfego pode ser analisado em vários departamentos para entender toda a jornada das compras. Da mesma forma, mover mercadorias com mais eficiência é um dos objetivos dos aplicativos de transporte inteligentes no varejo.


"A realidade aumentada continuou a dominar grande parte da conversa sobre inovação em 2019. Não há dúvida do impacto positivo que ela pode e terá para os clientes" Os varejistas precisam sentir, entender e agir com base nos dados da IoT Os varejistas precisam detectar, entender e agir sobre os dados da IoT com análises. Os varejistas devem se concentrar nos aplicativos de IoT que atendem melhor os clientes e criam valor:


• Entrega personalizada de marketing e conteúdo

• Rastreamento de movimento do cliente para otimizar a configuração da loja e o rastreamento do comportamento do comprador na loja.

• Indicadores ideais de nível de pessoal

• Opções de pagamento sem caixa

• Robôs de armazém vinculados à IoT

• Caixa automatizada, descontos personalizados e prateleiras inteligentes

• Dispositivos de rastreamento de remessas sem fio

• Ferramentas de gerenciamento de inventário

• Assistente de voz para compras e pesquisa


Os pós-milenaristas estão crescendo, com a ativação por voz sendo a “norma”. Os consultores de estratégia OC&C preveem que as compras por voz crescerão para US $ 40 bilhões até 2022, contra US $ 2 bilhões hoje nos Estados Unidos e no Reino Unido.


Alguns preveem um crescimento ainda mais rápido: a Juniper prevê que esse número chegue a US $ 80 bilhões em 2023. Quase metade dos usuários de alto-falantes inteligentes usou a voz para pesquisar produtos e uma terceira usa a voz para comparar preços.


Inteligência artificial

Os gastos globais anuais com IA dos varejistas atingirão US $ 7,3 bilhões até 2022. Os varejistas estão investindo em IA para melhorar a pesquisa, os mecanismos de recomendação de conteúdo e a ciência de dados.


A IA está sendo aplicada de novas maneiras em todo o ciclo de produtos e serviços - da montagem às interações de atendimento ao cliente pós-venda.


É um elemento-chave do varejo na loja, personalizando a experiência do cliente e criando uma interação empresa consumidor mais engajada. Usando esses dados, a IA pode analisar padrões e comportamentos e, finalmente, criar uma experiência de compra mais personalizada para os usuários. Cria uma oportunidade para preencher a lacuna entre canais de vendas virtuais e físicos.


A IA ajuda a eliminar as ineficiências que os humanos trazem para as operações! A aplicação eficaz da IA melhorará o atendimento ao cliente on-line e, de várias maneiras, ajudará a eliminar as ineficiências que os humanos trazem para as operações. Também pode ajudar os varejistas a gerenciar melhor os trilhões de pontos de dados de clientes que possuem.


Da robótica ao aprendizado de máquina, da realidade aumentada à IoT, 2020 está se transformando em um ano emocionante para o varejo. Ainda estamos arranhando a superfície de como a tecnologia pode moldar o futuro do varejo.

Fonte: retailtechinnovationhub.com

Tradução: Everson Menezes

10 views0 comments

Recent Posts

See All